(0) (0)

Bancos voltam a dar mais empréstimos para a compra de casa

Bancos voltam a dar mais empréstimos para a compra de casa

O valor concedido para crédito à habitação está a recuperar, depois de vários meses em queda por causa da pandemia.

 

Os empréstimos para a compra de casa em Portugal estão a ganhar novo fôlego, apesar dos efeitos colaterais da pandemia da Covid-19. Segundo os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP), em Julho a banca concedeu 931 milhões de euros de crédito à habitação,mais 98 milhoes face a Junho, mês em que a banca emprestou 833 milhões às famílias.  

 

Depois de vários meses a cair, também por causa do confinamento, o crédito à habitação voltou a recuperar a meio do ano, altura em que o país começou a regressar lenta e gradualmente à "normalidade". Apesar do visível abrandamento no período mais crítico da pandemia, os empréstimos para a compra de casa quebraram o contraciclo em junho, superando agora a fasquia dos 900 milhões, em julho.

 

Euribor a 6 meses cai para o valor mais baixo de sempre

 

A Euribor a seis meses atingiu na passada quarta-feira, o valor mais baixo de sempre, de -0,451%, segundo uma notícia do Público. Já a Euribor a três meses manteve-se nos -0,478%, perto do valor mais baixo de sempre registado em março, de -0,489.

 

A queda das taxas de juro é positiva para quem pede novos empréstimos, mas também para os empréstimos já em vigor, cuja taxa de juro é atualizada periodicamente, porque significa pagar uma prestação mais baixa.

 

Veja a notícia completa aqui:

Idealista

 

 

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de usuário. Ao usar o site, você confirma que aceita o uso de cookies de acordo com nossa política de privacidade.   Saiba mais